Proposta de Campanha

Desenvolvimento sustentável com justiça social.Crescer sem destruir

- Promover políticas públicas de desenvolvimento baseado nos princípios da justiça social, prudência ecológica e viabilidade econômica, associado ao fortalecimento da participação nos processos de tomada de decisão;
- Construir programas de reestruturação do espaço urbano constituindo cidades sustentáveis, com mais qualidade de vida e segurança;
- Garantir espaços públicos para convívio humano harmonioso e oportunidade de manifestações culturais que promovam uma cultura de paz;
- Programas de incentivo ao desenvolvimento de tecnologias limpas na indústria, na agricultura e na construção civil.
- Produção orgânica de Alimentos e incentivo a agricultura familiar;
- Fortalecer o sistema público de saúde com qualidade, com incentivo e acesso aos métodos preventivos e curativos por intermédio das terapias integrativas;
- Propor a criação de um Sistema Integrado de Políticas Ambientais no Brasil.


Educação de qualidade para todos

- Trabalhar para ampliar e valorizar a educação pública com qualidade, da creche ao ensino médio, do ensino profissionalizante à universidade.
- Apoiar a criação de mais escolas técnicas e Universidades públicas, ampliação do ProUni, fortalecimento das Universidades Comunitárias e políticas de assistência aos estudantes.
- Valorizar dos profissionais da educação, com aplicação e correção do piso salarial e garantia de plano de carreira.
- Incentivar programas governamentais de qualificação permanente dos profissionais da educação.
- Propor a implantação do “Programa Cuidar de quem Educa”. A exemplo do programa piloto implantado no município de Gravatal-SC, que Cuida da Saúde dos educadores nas dimensões físico, mental e emocional.
- Promover tecnologias educacionais criativas, o fortalecimento da autonomia responsável de nossas crianças e jovens, baseada nos princípios de respeito, solidariedade e não violência.

Oportunidades aos jovens geração de emprego

- Sugerir e apoiar programas governamentais e da sociedade civil para o desenvolvimento das potencialidades dos jovens, na liderança e tomada de decisões da sociedade.
- Garantir o acesso à educação, à qualificação profissional e à cidadania;
- Acesso ao mercado de trabalho, ao credito, à renda, aos esportes, ao lazer, à cultura e à terra.
- Ofertas de serviços que garantam a satisfação das necessidades do jovem e condições para o desenvolvimento pessoal e profissional.

Respeito a diversidade e promoção da igualdade étnico-racial

- Promover processos educativos de superação de todas as formas de discriminação, bem como estimular o respeito e promoção da igualdade étnico-racial.

- Fortalecer Políticas Públicas que contribuam para a promoção da igualdade racial;

- Apoiar as Comunidades indígenas e as comunidades remanescentes de quilombos;

- Incentivar as manifestações artísticas e culturais em todas as etnias como forma de preservação da identidade cultural.

Fazer da Cultura um bem e serviço acessível a todos

- Fazer cumprir as deliberações da Conferência Nacional de Cultura;
- Fortalecer a política Nacional de Museus bem como, transformar os museus em processos educativos articulados com escolas e universidades.
- Ampliar os editais públicos de cultura e cinema, como ferramentas motivadoras da geração de emprego e renda e fortalecimento da produção cultural brasileira.

Continue lendo >>

  ©Milo 1320.Site melhor visualizado em 1024x768 ou 1152x864

Modificado por Junior